Ações Mia Vida

FEIRAS DE ADOÇÃO MENSAIS – Todo mês a ONG realiza  pelo menos uma feira pública onde ocorrem as adoções, os animais são entregues nas residências dos adotantes no outro dia ou durante a semana, dependendo da situação.

PROMOÇÃO DE VENDAS NO BAZAR  E BRECHÓ EM  EVENTOS- Como os  animais são mantidos com as vendas do bazar e brechó a ONG está continuamente participando do eventos para arrecadação de fundos.

CASTRAÇÃO DE GATOS FERAIS -  A formação das colônias é muito rápida, basta uma gatinha não castrada fugir de casa que em um ano ela poderá ter 5 gestações, em cada gestação poderão vir de 5 a 6 gatinhos, então senão for tomada alguma atitude no sentido de promover a castração logo o local estará com vários gatos. A situação piora pois os gatos são ferais e precisam ser capturados com armadilhas.

Estes gatos precisam ser castrados em veterinários que tenham prática e técnica cirúrgica em trabalhar com  gatos ferais, pois os animais já devem sair medicados e com cortes cirúrgicos pequenos para serem soltos no mesmo dia. Atualmente não temos nenhum veterinários cadastrado pela prefeitura que realiza essas castrações, então todas as castrações são pagas.

É um trabalho demorado que normalmente é realizado com a ajuda financeira e executiva da vizinhança, os voluntários levam e buscam na clinica. Se existe a ajuda o trabalho é mais rápido,  senão existe ajuda demora mais,  pois quem realiza a captura, leva e busca,  e paga as castrações é a ONG, assim irá depender da disponibilidade financeira e dos voluntários, além disso a nossa prioridade sempre será a manutenção dos animais sob nossa responsabilidade. Os gatos dessas situações são castrados e devolvidos ao local. 

Tem casos em que  as pessoas fazem todo o trabalho apenas emprestamos a armadilha.

AJUDA EM LOCAIS COM PROBLEMAS DE PROCRIAÇÃO- Existem situações e localidades onde os animais são domiciliados, mas as famílias não tem condições financeiras e de locomoção para realizar a castração, atuamos promovendo essas castrações, levando para castrar e devolvendo os animais. Em alguns casos a vizinhança vai pagando aos poucos as castrações realizadas, assim o problema é resolvido.